AS ESTREIAS NA TELA DO BLOG

                                                       
17/08/17                 
   Duas cinebiografias e o retorno de Annabelle em destaque. 
    

"ANNABELLE 2-A CRIAÇÃO DO MAL”.
Três anos após o lançamento do original, retorna à telona o terror em forma de boneca. Porém, esse filme não é uma sequência do original e sim um prelúdio. 
Nesta história, Samuel, um habilidoso artesão e sua esposa,Esther, decidem, após a morte trágica da filha, acolher em casa uma freira e dezenas de meninas desalojadas de um orfanato.
Atormentado pelas lembranças, o casal ainda terá que lidar com fatos aterrorizantes, sinistros, ligados à Annabelle, a famigerada boneca demoníaca, criada pelo artesão.
Com Anthony LaPaglia, Lulu Wilson, Stephanie Sigman e Miranda Otto. Dirigido por David F. Sandberg.14 anos.
Veja no Marabá, Bristol, Pátio Paulista, West Plaza, Iguatemi Alphaville, Anália Franco, Penha, Shopping D, Metrô Santa Cruz, Market Place e mais.






Desde criança, João Carlos Martins sempre foi considerado um prodígio no piano. Carreira vitoriosa, fama na Europa e nas Américas, até que um acidente prejudica o movimento de sua mão direita.Tentando se restabelecer, o notável pianista faz apresentações em concertos para uma só mão. Infelizmente, um segundo acidente, retira os movimentos de sua mão esquerda.
“JOÃO, O MAESTRO”, cinebiografia, dirigida por Mauro Lima, com impecável recriação de época e excelente trabalho dos atores Davi Campolongo, Rodrigo Pandolfo e Alexandre Nero, revezando-se no papel principal. O elenco tem ainda Alinne Moraes, Fernanda Nobre e Caco Ciocler. 
Em exibição no Eldorado, Frei Caneca, Cidade Jardim, Lar Center, Villa-Lobos, Pompeia, Pátio Paulista, Jardim Sul, Caixa Belas Artes, Vila Olímpia e mais.






“UMA FAMÍLIA FELIZ”.
Animação produzida na Alemanha. No roteiro, a família Wishbone não está vivendo uma fase muito agradável.Para tentar salvar a relação com os familiares, a mãe planeja uma noite de diversão fora de casa. Porém, o que era para ser uma festa, termina na pior: todos são transformados em monstros por uma bruxa. Direção de Holger Tappe. 
Em cópias dubladas e legendadas, no Santana Parque, Central Plaza, Cineflix The Square, Metrô Tatuapé, Mais Shopping Largo Treze, Granja Viana, Interlar Aricanduva, Tamboré e mais.






Wladyslaw Strzeminski-interpretado por Boguslaw Linda, foi um pintor polonês, vanguardista e professor de Belas Artes, que superou suas deficiências físicas, uma perna e um braço perdidos durante a I Guerra.
Durante o período em que a Polônia viveu sob o jugo soviético, enfrentou perseguições e humilhações, ao não se enquadrar ao realismo social do Partido Comunista.
“AFTERIMAGE”, último filme de Andrzej Wajda, cultuado diretor polonês falecido no ano passado, retrata o final da trajetória pessoal e artística do pintor. 12 anos.
Reserva Cultural e Frei Caneca.  


    





                                                                  EM CARTAZ

“O ESTRANHO QUE NÓS AMAMOS”, lançado em 1971, estrelado por Clint Eastwood e dirigido por Don Siegel, tornou-se um cult no cinema.
A diretora Sofia Coppola foi premiada no Festival de Cannes deste ano, ao fazer a releitura para a tela do romance escrito por Thomas Cullinan, realçada pelos belos figurinos e fotografia.
No elenco da história de um combatente da Guerra Civil norte-americana que, ferido em combate, é encontrado por uma jovem, levado para a casa onde mora, um internato para mulheres, estão Colin Farrell, Nicole Kidman, Kirsten Dunst, Oona Laurence e Elle Fanning. A crítica o considera superior ao original. 14 anos.
Veja no CineArte, Vila Olímpia, Cidade Jardim, Reserva Cultural, Caixa Belas Artes, Itaim, Frei Caneca, CineSystem Morumbi, Pátio Higienópolis, Jardim Sul, Bristol, Iguatemi e mais.




A ficção “VALERIAN E A CIDADE DOS MIL PLANETAS”, transcorre no século XVIII, quando um viajante do tempo e espaço, Valérian –Dane DeHaan, junto com sua parceira Laureline –Cara Delevingne, lutam em defesa da Terra e seus planetas aliados, constantemente atacados por bandidos intergalácticos.
Ao chegarem ao planeta Alpha, eles precisarão combater grandes forças que desejam destruir os sonhos e as vidas dos milhões de habitantes do planeta. Com Clive Owen, Ethan Hawke, Rihanna e Sam Spruell.
O filme, baseado  na história em quadrinhos “Valerian et Laureline”, escrita por Jean-Claude Mézières e Pierre Christin, tem incríveis efeitos visuais. Dirigido pelo francês, Luc Besson. 12 anos. 
Em exibição no Marabá, Granja Viana, Iguatemi Alphaville, Plaza Sul, Bristol, Penha, JK Iguatemi, Anália Franco, Lapa, Mais Shopping Largo Treze, Interlar Aricanduva, Pátio Paulista e mais.






“MALASARTES E O DUELO COM A MORTE”. Jesuíta Barbosa é Pedro Malasartes, um jovem malandro que vive no interior do país, um aproveitador da boa vontade das pessoas para se dar bem na vida.  
Mesmo tendo uma namorada, Áurea -Ísis Valverde, ele não resiste a um rabo de saia, e em meio a isso, ele enfrenta o truculento irmão de sua amada, Próspero -Milhem Cortaz, a quem deve muito dinheiro. 
Para complicar ainda mais, a Morte (Júlio Andrade), em pessoa, tem outros planos para ele. Ainda no elenco, Leandro Hassum, Vera Holtz e Luciana Paes. Dirigido por Paulo Morelli. 12 anos. 
Em exibição no Marabá, JK Iguatemi, Granja Viana, Tietê Plaza Shopping, Anália Franco, Eldorado, Market Place, Penha, Boa Vista, Jardim Sul, Metrô Tucuruvi, Pátio Higienópolis e mais.






A história real de Olli Mäki, um padeiro e boxeador finlandês, que enfrentou um grande desafio em 1962, é o tema de “O DIA MAIS FELIZ DA VIDA DE OLLI MÄKI”. Ele sai de sua pacata cidade no interior para ser treinado em Helsinque, a capital, e assim enfrentar o americano Davey Moore, campeão mundial da categoria peso-pena.
Rapidamente elevado a símbolo nacional, ele vai se dividir entre o amor e a carreira, a razão e a emoção, ao se apaixonar por Raija –Oona Raiola. A fotografia em preto e branco realça o tom nostálgico da narrativa. Direção de Juho Kuosmane. 12 anos.
No Caixa Belas Artes e Frei Caneca.






Um episódio real ocorrido durante a II Guerra Mundial: "A VIAGEM DE FANNY". 
O roteiro é centrado durante a ocupação nazista, quando a menina Fanny, interpretada por Léonie Souchaud, de família judia, é deixada em um internato no interior da França. Teimosa e corajosa, a jovem de 12 anos, junto com suas duas irmãs mais novas, se coloca à frente de oito crianças, iniciando uma perigosa fuga em direção à fronteira com a Suiça. Obstáculos, angústias e aflições durante a missão, fazem o grupo descobrir o valor da solidariedade, do trabalho em equipe e da amizade.
Com Fantine Harduin, Juliane Leporeau e Ryan Brodie. Dirigido por Lola Doillon. 10 anos.
Caixa Belas Artes, Frei Caneca e Espaço de Cinema 


                                      

2 comentários: