AS ESTREIAS NA TELA DO BLOG

                                                       
14/12/17

          Os destaques das estreias nos cinemas.      


“STAR WARS: OS ÚLTIMOS JEDI”.
Após encontrar o recluso Luke Skywalker (Mark Hammil) em uma ilha isolada, a jovem Ray (Daisy Ridley), busca entender o equilíbrio da Força a partir dos ensinamentos do mestre jedi. Enquanto isso, o Primeiro Império de Kylo Ren se reorganiza para enfrentar a Aliança Rebelde. A procura do eterno equilíbrio entre o bem e o mail neste oitavo episódio da série e ultimo filme de Carrie Fischer, falecida em dezembro de 2016, como a princesa Leia. Com John Boyega, Laura Dern, Oscar Isaac, Kelly Marie Tran, Andy Serkis, Adam Driver e Benicio Del Toro. Dirigido por Rian Johnson. 12 anos. 
Veja no Anália Franco, Jardim Sul, Iguatemi Alphaville, Mais Shopping Largo 13, Frei Caneca, Boa Vista, Bristol, Marabá, Pátio Paulista e mais.





“LUMIÈRE! A AVENTURA COMEÇA”.
Uma viagem pelo universo dos irmãos Louis e Auguste Lumière, considerados os fundadores do cinema. Imagens históricas em uma coleção de 114 filmes restaurados dos irmãos franceses, além de imagens do início do século XX de Nova York, Paris, Jerusalém, Londres e Veneza, para celebrar o legado da dupla. Documentário dirigido e narrado por Thierry Frémaux. 
Reserva Cultural, sala 2 e Caixa Belas Artes, sala 4.





“CORA CORALINA – TODAS AS VIDAS”.
Entre ficção e realidade, o filme conta a história da escritora e poetisa brasileira, Cora Coralina. Ela trabalhou como doceira durante quase toda a vida, publicando seu primeiro livro apenas aos 75 anos de idade. Isto não impediu que Cora se tornasse uma das autoras brasileiras mais importantes de sua geração. Várias atrizes fazem a leitura de suas obras autobiográficas: Camila Márdila, Walderez de Barros, Tereza Seiblitz, Zezé Motta, Beth Goulart. Cora aparece em imagens fantasmáticas projetadas na parede da casa onde morou. Diretor Renato Barbieri. 
Reserva Cultural, sala 3 e Caixa Belas Artes, sala 5.





“PROFESSOR MARSTON E AS MULHERES MARAVILHAS”.
O filme é inspirado na história do psicólogo William Marston(Luke Evans), criador da Mulher-Maravilha, personagem dos quadrinhos em 1941, e que também ajudou a tornar real o detector de mentiras. Em meio a isso, a relação polígama do autor com sua mulher, a psicóloga Elizabeth Marston (Rebecca Hall) e a ex-aluna, Olive Byrne (Bella Heathcote). 
No Espaço de Cinema Augusta, Reserva Cultural e Frei Caneca.





“MULHERES DIVINAS”.
Indicação da Suiça para o Oscar 2018, o longa dramático da diretora Petra Volpe conta a história de uma submissa dona de casa que, nos anos 1970, tem uma vida pacata com o marido e dois filhos. Tudo muda quando ela começa a fazer campanha pelo direito de voto das mulheres na conservadora sociedade, o que foi conquistado em 1971. Aqui no Brasil esse direito foi conseguido em 1932. Com Marie Leuenberger e Rachel Braunschweig. 16 anos. 
Iguatemi Alphaville, Frei Caneca, Caixa Belas Artes e Reserva Cultural.





“CORAGEM! AS MUITAS VIDAS DO CARDEAL DOM PAULO EVARISTO ARNS”.
O documentário retrata a trajetória deste que foi o mais importante cardeal brasileiro. Defensor dos direitos humanos, enfrentou o regime militar. Na área social, criou os centros comunitários na periferia para que a população de baixa renda de São Paulo se reunisse e reivindicasse seus direitos fundamentais. Narração de Paulo Betti. Dirigido por Ricardo Carvalho. 
Espaço de Cinema Augusta, Frei Caneca, Caixa Belas Artes e Espaço de Cinema Pompeia.





EM CARTAZ

“EXTRAORDINÁRIO”.
Com roteiro baseado no best-seller da escritora R. J. Palacio, o filme conta a história Auggie Pullman (Jacob Tremblay), um garoto que nasceu com uma deformação genética e que, até os dez anos, não havia frequentado uma escola regular.
Quando entra no colégio, terá que se adaptar para ser aceito. Com a ajuda dos pais, Isabel (Julia Roberts) e Nate (Owen Wilson), ele vai enfrentar as dificuldades de relacionamento. 
No elenco, Sônia Braga interpreta a avó de Auggie. O ator mirim Jacob Tremblay confirma o talento já demonstrado em “O Quarto de Jack”.Dirigido por Stephen Chbosky. 10 anos.
Veja no CineArte, Bristol, Central Plaza, JK Iguatemi, Jardim Sul, Interlagos, Frei Caneca, Pátio Higienópolis, Granja Viana, Espaço de Cinema Augusta e mais.





“VERÃO 1993”.
Filme indicado pela Espanha para concorrer ao Oscar 2018, mostra um trabalho intimista da diretora estreante Carla Simón. 
Frida (Lala Artigas), aos seis anos de idade, é uma criança em crise. Depois de perder o pai, sofre também ao perder a mãe, vítima da AIDS, uma doença que ela ainda é capaz de compreender. Órfã, ela vai morar com os tios em uma região montanhosa da Catalunha e vai aprender a lidar com suas emoções, em meio às brincadeiras com sua priminha Anna (Paula Robles). A personagem é baseada na vida da própria diretora e as atrizes mirins dominam as cenas. 14 anos.
No Espaço de Cinema Augusta, Itaim e Frei Caneca.





“LUCKY”.
O último trabalho do cultuado Harry Dean Stanton, onde ele interpreta impecavelmente, Lucky, um velho ateu que, aos 90 anos e vivendo sozinho no deserto, encara uma jornada espiritual de auto-exploração para encontrar a iluminação. Nesse caminho, ele vai encontrar personagens que habitam uma cidade fora do mapa do deserto. Com David Lynch, Ed Begley Jr., Ron Livingston, Tom Skerritt, Beth Grant e James Darren. Primeiro longa dirigido pelo também ator John Carrol Lynch. 16 anos. 
Harry Dean Stanton morreu, aos 91 anos, em 15 de setembro de 2017, de causas naturais.  
Caixa Belas Artes e Reserva Cultural.


2 comentários: